Make your own free website on Tripod.com
AMD K6 e K6II

K6

Características Internas
Cache L1 de 64 KB, dividido em dois de 32 KB, um para dados e outro para instruções

Núcleo RISC com decodificador CISC, similarmente ao K5 (5K86), ao 6x86 (M1), M2 e Pentium Pro.

Decodificador funciona bem tanto para código de 16 bits quanto para código de 32 bits (diferentemente do Pentium Pro onde o decodificador não funciona bem para código de 16 bits).

O decodificador CISC/RISC consegue decodificar até 2 instruções por pulso de clock, dependendo da complexidade da mesma. Ou seja, consegue decodificar até 2 instruções simples por pulso de clock. Vale lembrar que programas utilizam instruções simples 80% das vezes.

Conjunto de Instruções MMX (segundo a AMD, compatível com o MMX da Intel).

O Co-processador integrado do K6 não é tão bom quanto o do Pentium Pro ou quanto do Pentium II. Devemos ter isto em mente ao decidirmos pelo K6.

Demais características internas similares ao Pentium Pro: execução fora de ordem, execução especulativa, previsão de desvio, etc.

Em tempo: a previsão de desvio do K6 é bem melhor que a do Pentium Pro.

Características Externas:
Compatível com socket7, ou seja, utiliza a mesma placa-mãe do Pentium.

Alimentação a 2,9 V, com exceção do modelo K6-233 que deve ser alimentado com 3,2 V. A tendência é que os próximos processadores K6 utilizem 2,8 V ou menos. Possuem um grave problema de aquecimento, que em certos casos o processador era queimado, seu preço não era competitivo.



K6-2


    Sua grande diferença para os demais processadores testados é a sua freqüência de operação externa. Enquanto todos os outros processadores testados operam externamente a 66 MHz, o K6-2 opera a 100 MHz, conseguindo uma taxa de transferência mais elevada com a memória RAM, com o cache de memória e com outros dispositivos do micros, especialmente o vídeo e o disco. Seu padrão de pinagem é Socket7, o mesmo padrão do Pentium, Pentium MMX e MII. Entretanto, por trabalhar externamente a 100 MHz, necessita de uma placa-mãe Socket7 que consiga trabalhar a essa freqüência de operação. Esse tipo de placa-mãe é conhecido como "Super7".
    O K6-2 da AMD foi uma revelação: o K6-2 300Mhz testado obteve um desempenho de processamento 5% superior ao do Pentium II 300Mhz e 70% superior ao Pentium MMX 233Mhz. O MII-PR300 da Cyrix, apesar de ter obtido um desempenho 36,5% inferior ao do K6-2 300Mhz e 33,24% inferior ao do Pentium II 300Mhz, é 8% mais rápido que o Pentium MMX-233. É válido lembrar que o MII-PR300 trabalha internamente a 233 MHz.

Resumo das principais características

> Microarquitetura superescalar de seis instruções RISC avançada.
> Dez unidades de execução paralelas especializadas.
> Sofisticados decodificadores de instrução x86 para RISC86 múltiplos.
> Avançado sistema de branch prediction de dois níveis.
> Execução especulativa.
> Execução fora de ordem completa.
> Renomeação de registros e retransmissão de dados.
> Até seis instruções RISC86 por ciclo.
> Caches L1 no chip.
> Cache de instrução de 32 Kbyte com 20 Kbytes adicionais de cache para predecodificação.
> Cache de dados de duas portas com "writeback" de 32 Kbytes.
> Protocolo MESI para coerência de cache.
> Tecnologia 3DNow!
> 21 novas instruções para melhorar o desempenho de gráficos 3D e multimídia.
> Multiplicador separado e ALU para execução de instruções superescalares.
> Compatível com infra-estrutura Super7 e Socket 7 para projetos de baixo custo e disponibilização mais rápida ao mercado.
> Compatível tanto com barramento de 100 MHz como de 66 MHz.
> Suporte a Accelerated Graphics Port (AGP, Porta Gráfica Acelerada).
> Avançada execução de instruções MMX superescalares com decodificação e pipelines de execução duplos.
> Unidade de ponto flutuante (FPU) compatível com IEEE 754 e 854 de alto desempenho.
> Modo de gerenciamento de sistema (SMM) de padrão industrial.
> Compatibilidade de software binário x86 completa.
> Tamanho da pastilha: 9,3 milhões de transistores em uma pastilha de 81 mm2.
> Disponível em encapsulamento CPGA (Ceramic Pin Grid Array) de 321 pinos (compatível com Super7/Socket 7) usando a tecnologia inovadora "flip-chip" C4.
> Fabricado usando a tecnologia estado da arte da AMD em 0,25 µm, com processo de deposição de metal em silício de cinco camadas e a tecnologia de interconexão local nas instalações de fabricação de wafers da AMD.
> Clock's de 300, 333, 350, 400, 450, 500, 533, 550 Mhz.

Processadores K6-2E

   Processadores de baixo consumo de potência, de 333 MHz e de 300 MHz. Os processadores embutidos AMD K6-2E foram projetados para oferecer alto desempenho a baixo custo, para serem usados principalmente em notebooks.

   A versão de baixa potência do processador AMD K6-2E funciona com uma menor tensão de núcleo, de 1,9 V, para fornecer um consumo máximo inferior a 10 watts e uma faixa de temperatura estendida de 85°C, enquanto a versão de potência padrão é o equivalente embutido do popular processador AMD K6-2 desktop com uma tensão de núcleo padrão de 2,2 V e faixa de temperatura padrão. Nas duas versões, a tensão de E/S opera no nível de 3,3 V que é o padrão do mercado.

   Projetado para executar tanto software de 16 bits quanto de 32 bits, os processadores AMD K6-2E fornecem processamento de alto desempenho do conjunto de instruções x86 e são compatíveis com os sistemas operacionais Microsoft Windows CE, Windows 98, Windows ME  e Windows NT, e também com os aplicativos executados neles, incluindo os mais recentes softwares otimizados para tecnologias 3DNow! e MMX.

   O processador AMD K6-2E de 9,3 milhões de transistores é fabricado com a tecnologia de processamento de metal de cinco camadas de 0,25 mícron, usando interconexão local e isolamento tipo " shallow-trench" nas instalações de fabricação de chips Fab 25 da AMD em Austin, no Texas. O processador AMD K6-2E é embalado num pacote CPGA (ceramic pin grid array) de 321 pinos compatível com as plataformas Socket 7 e Super7 usando a tecnologia de interconexão flip-chip C4.




Voltar