Make your own free website on Tripod.com

Sobre a AMD (Advance Micro Device)


   O principal e mais antigo concorrente da Intel. Esta empresa produzia processadores 286 sob licença da Intel, e posteriormente reivindicou a extensão da licença para os 386 e 486. Até agora ela foi bem sucedida, mantendo essa posição. Nos mercados do 286, 386DX e 386SX, eles ofereciam dispositivos compatíveis em termos funcionais e pinagem a taxas mais altas de clock's, com menor dissipação de energia SMM aprimoradas. A AMD não encontrou o mesmo sucesso nos mercados do 486, seus dispositivos 486 eram atrasados para o mercado, e não ofereciam vantagem funcional ou de desempenho concreta sobre os dispositivos da Intel. A estratégia da AMD para os produtos 486 era competir em preço oferecendo versões de velocidade de clock não aceitas pela Intel. Antecipando-se a uma regulamentação adversa relativa ao seu status de licenciada ,a AMD tinha dois design's de 486, um baseado na tecnologia Intel e outro no seu próprio design (Nx586). Em uma tentativa de ganhar uma posição de liderança a AMD lançou o K5, mas acabou se dando mau, o processador tinha problema de aquecimento e não atendeu aos resultados esperados, logo após foi a vez do K6 e tinha o mesmo problema do K5, com esse processadores a AMD ficou com má reputação, mas é errando que se aprende, a AMD deu seu primeiro passo positivo com o K6II assim se tornando um potencial problema para a Intel. A disputa acirrada das duas somente nós usuários temos a ganhar com preço e desempenho, a AMD se firmou de vez com o lançamento do Athon onde pela primeira vez a imponente Intel foi superada em termos de desempenho.


Obs: Os processadores 286 e 386 da AMD não serão apresentados pois possuem as mesmas características dos processadores da Intel.



Voltar